Search

A língua das mães / Moms' language

Tem cuidado. Não venhas tarde. Leva um casaco. Não andes à chuva. Liga quando chegares, seja a que horas for. Vai devagar. Depois diz como correu. Não ligues, não dês importância. Era de prever. Deixei-te dinheiro em cima da mesa. Alimenta-te bem. Deixa cá ver. Acredita em ti. O almoço está na mesa, vem antes que arrefeça. Estuda, não deixes tudo para a última hora. Não saias com o cabelo molhado. Não te esqueças das chaves. Acredita em ti. Vai dormir. Não te preocupes, eu estou bem. É a última vez que te digo isto. Não te atrases. Parabéns. Estou orgulhosa. Amo-te.

Sim, é a língua-padrão que as mães falam. Vão aprendendo a língua enquanto são filhas e, mais tarde, quando se tornam mães, falam-na na perfeição. A par da língua materna, aprendem a língua maternal e são exímias na conjugação do amor, em todos os tempos e modos. O coração das mães é um dicionário antigo e sempre novo, em que todas as entradas têm o mesmo significado: o do amor que sentem pelos filhos. A gramática do amor das mães é simples, porque o amor não admite desvio à norma. E a regra do amor incondicional é a única regra a não conhecer exceção.

(Desconheço a autoria, só fiz a tradução para o inglês)


Feliz dia das mães!

Mom: Love in a human form <3 Mãe: Amor na forma humana

Be careful. Don’t come home late. Get a coat. Don’t walk under the rain. Call me when you arrive, whenever it might be. Go slow. Later, tell me how it went. Don’t mind, don’t give that importance to it. It was predictable. I left you the money on the table. Eat well. Come here so I can see this. Believe in yourself. Lunch is ready, come before it gets cold. Study, don’t leave everything to the last minute. Don’t leave with your hair all wet. Don’t forget your keys. Believe in yourself. Go to sleep. Don’t worry, I’m fine. This is the last time I’m gonna say this. Don’t be late. Congratulations. I’m proud of you. Love you!

Yeah, it’s the language mothers speak. They start learning it when they are daughters and, later, when they become mothers they speak it with perfection. Knowing their mother language, they learn the mother’s language and are very good in the conjugation of love, in all times and tenses. Moms’ hearts is an old dictionary but always new, in which all inputs have the same meaning: the love they feel for their children. Moms’ love grammar is simple, because love doesn’t allow deviation from the norm. And Love’s unconditional rule is the only rule that knows no exception.

(Don't know who the author is, I've just translated it into English)


Happy Mother's day!!

14 views

​© 2018 Semeia Vida by Tatiana Lopes.