Search

Aos homens extraordinários: nós vemos vocês...

To the extraordinary men: we see you...


Quem me conhece sabe que me mantenho ocupada desmantelando o patriarcado em qualquer oportunidade.

Dito isto, não espere que eu comece dizendo algo sobre como eu sinto muito pelos homens e como eles conseguiram uma reputação tão ruim. Às vezes esta má reputação é amplamente merecida – e nem me faça começar a falar sobre misoginia ou cultura de estupro ou das enormes desigualdades de gênero que são claras para quem quer que esteja prestando atenção.

Agora que tiramos este detalhe do caminho (meu aviso, se assim desejar), posso dizer isto: Há homens extraordinários neste mundo!

Não apenas sabemos que eles estão por aí, nós os vemos em nossas vidas. Vemos. E quando reclamamos dos homens em geral, nós não falamos de você. Mas você já sabe disso, porque não é a sua fragilidade gritando, ‘Mas nem todo homem!’. Você nunca diria isso porque você sabe que não queríamos dizer ‘todos os homens.’ Nós queremos dizer ‘a maioria dos homens.’ A maioria, não o extraordinário. Nós sabemos que há outros homens extraordinários por aí, assim como você.

Nós apreciamos o fato de você não se intimidar com a força das mulheres. Você não se sente inseguro com a nossa educação, carreiras, ou escolhas. Você reconhece nossas conquistas e as respeita. Mas denovo, você só nos respeita – não porque somos o ‘sexo frágil’ ou ‘frágeis’, mas porque nos reconhece como seres humanos iguais.

Nós apreciamos o fato de você não pensar que trabalho doméstico ou cuidado das crianças são só uma ‘ajuda’ ou ‘babysitting’, mas simplesmente uma parte da sua responsabilidade como membro da casa ou pai. Você o faz sem esperar agradecimento ou reconhecimento porque é simplesmente o que pessoas responsáveis e maduras fazem.

Nós vemos você.

Nós o apreciamos por não nos cantar ou tocar sem nosso consentimento. Nós apreciamos quando consentimento é igualmente importante para você. Apreciamos quando nos respeita quando dizemos ‘não’. Nós apreciamos o fato de não nos chamar de piranhas ou púdicas. Apreciamos que você respeite nossos corpos como sendo nossos e não tente controlar ou julgar nossas escolhas. Nós apreciamos que você não fique calado durantes aquelas ‘conversas de vestiário’. Você confronta essas atitudes e escolhe não perder seu tempo com pessoas que promovem a cultura do estupro. Você nunca, nunca, diz algo que possa ser interpretado como ‘conversa de vestiário’ porque você realmente respeita as mulheres.

Nós apreciamos quando você se identifica como um feminista e usa sua própria voz para gerar mudança. Sua masculinidade não é ameaçada pelo feminismo porque você entende que igualdade de gênero nos ajuda a todos. Não tira nada de você ou de qualquer outro homem quando mulheres tem tratamento justo e igual. Você entende isto, e nós aplaudimos.

Nós apreciamos que você ainda abra portas e mostre cortesia. Apreciamos que mantenha sua palavra e não tente fingir ser alguém que não é. Nós amamos sua autenticidade e sua recusa em tratar relacionamentos como um jogo.

Nós apreciamos quando você nos diz que somo lindas – não só quando estamos vestidas pra noitada com cabelo perfeito e maquiagem profissionalmente aplicada. Não, você diz que somos lindas quando estamos exaustas depois de uma longa noite com nossos(as) filhos(as) ou quando estamos doentes. Nós amamos que você aprecie quem somos e o que fazemos e não tem medo de dizer isso. Nós apreciamos que dê valor a nossa felicidade da mesma forma que a sua.

Apreciamos o fato de você não tentar nos mudar. Nós não somos ‘demais’ ou ‘não o suficiente’ para você; somos perfeitas do jeito que somos, defeitos e tudo. Nós amamos que você se divirta com nossas similaridades e celebre nossas diferenças.

Nós apreciamos que você nos toque. Oh, não somente nossos corpos (apesar de, claro, adorarmos isso), mas você também toca nossos corações e mentes. Você se conecta conosco em níveis mais profundos do que só o físico porque você não teme, nem um pouco, a intimidade. Nós amamos que você nos olhe nos olhos e escute. Nós vemos você e o apreciamos porque sabemos que você nos vê e aprecia da mesma forma.

Nós apreciamos os homens extraordinários deste mundo. Nós vemos você e reconhecemos seu valor, mesmo que o resto negligencie, ridicularize ou não compreenda isto.

Saiba que você é notado.

Saiba que é apreciado.

E saiba que os corações certos o reconhecerão pelo homem extraordinário que é.

Author: Crystal Jackson (traduzido por mim)




Anyone who knows me knows that I’m busy dismantling the patriarchy at every opportunity.

That said, don’t expect me to start in saying something about how sorry I feel for men and how they get such a bad rap. Sometimes that bad rap is richly deserved—and don’t even get me started on misogyny or rape culture or the massive gender inequities that are clear to anyone who’s paying attention.

Now that we’ve gotten that out of the way (my disclaimer, if you will), I can say this: There are extraordinary men in this world.

Not only do we know they are out there, we see them in our own lives. We do. And when we complain about men in general, we don’t mean you. But you already know that, because it’s not your fragility shouting, “But not all men!” You would never say that because you know that we didn’t mean “all men.” We meant “most men.” The majority, not the extraordinary. We know there are other extraordinary men out there, just like you.

We appreciate how you aren’t intimidated by the strength of women. You don’t feel insecure about our education, careers, or choices. You recognize our accomplishments and respect them. But then again, you just respect us—not because we’re the “weaker sex” or “fragile,” but because you recognize us as equal human beings.

We appreciate that you don’t think housework or childcare is just “helping out” or “babysitting,” but simply a part of your responsibility as a household member or parent. You do it without expecting thanks or acknowledgement because it’s just what responsible, mature people do.

We see you.

We appreciate that you don’t catcall or touch us without our consent. We appreciate that consent is equally important to you. We appreciate that you respect us when we say “no.” We appreciate that you don’t slut shame us or call us prudes. We appreciate that you respect our bodies as being our own and don’t try to control or judge our choices.

We appreciate that you don’t stay silent around “locker room talk.” You confront these attitudes and choose not to spend time with people who promote rape culture. You never, ever, say anything that could be construed as “locker room talk” because you actually respect women.

We appreciate when you identify as feminist and use your own voice to create change. Your masculinity isn’t threatened by feminism because you understand that gender equity helps us all. It doesn’t take anything away from you or any other man when women are given fair and equal treatment. You understand this, and we applaud you.

We appreciate that you still open doors and show courtesy. We appreciate that you keep your word and don’t try to pretend to be someone you’re not. We love your authenticity and your refusal to treat relationships as a game.

We appreciate when you tell us we’re beautiful—not just when we’re dressed up for a night out with perfect hair and expertly applied makeup. No, you tell us we’re beautiful when we’re exhausted after a long night with our kids or when we’re sick. We love that you appreciate who we are and what we do and aren’t afraid to tell us. We appreciate that you value our happiness as much as your own.

We appreciate that you don’t try to change us. We’re not too much or not enough for you; we’re perfect just the way we are, flaws and all. We love that you enjoy our similarities and celebrate our differences.

We appreciate that you touch us. Oh, not just our bodies (though of course we love that), but you also touch our hearts and our minds. You connect with us on deeper levels than just the physical because you’re not at all afraid of intimacy. We love that you look us in the eyes and listen.

We see you and appreciate you because we know that you see and appreciate us as well.

We appreciate the extraordinary men of this world. We see you and recognize your value, even if the rest overlook it or ridicule it or misunderstand it.

Know you are seen.

Know you’re appreciated.

And know that the right hearts will recognize you for the extraordinary men that you are.

Author: Crystal Jackson

10 views

​© 2018 Semeia Vida by Tatiana Lopes.