Search

Criando hábitos…/ Creating habits...

Lembra que eu comentei a respeito de nossa digestão acontecer em vários níveis e que nos alimentamos não somente de comida?


Pois então, nosso próximo ponto, o de número 6, fala sobre um desses tipos de alimentos:

6- Leia bons livros


Vamos começar estabelecendo um conceito amplo para bom. Bom livro é aquele que te ensina ou te acrescenta algo, é aquele que te permite dar asas a imaginação; e por que não dizer que bom livro é aquele pelo qual você se interessa e gosta? Resumindo: bons livros te transformam, não importa se muito ou pouco.


O simples ato de ler um livro nos faz criar espaço para obter ensinamentos e, ou, conhecimentos práticos quando às vezes não temos condições de estar em locais específicos para aprender sobre determinados assuntos. E não só relacionados a assuntos acadêmicos, mas a qualquer assunto sobre o qual tenhamos interesse.

Ler um livro de ficção, ou romance, ou o gênero que escolhermos, nos possibilita ir à locais sem nos tirar do lugar. Ele estimula nossa mente de diversas formas, e talvez a imaginação, a interpretação, que é única, seja a mais legal delas.


Aí você questiona: ‘mas um filme exerce a mesma função e é bem mais legal que livro…’

Não posso discutir sobre gostos e preferências, estes se desenvolvem através de hábitos cultivados ou não, mas sem dúvida a mesma função eles não tem. Se nos referirmos a função de entretenimento, sim, talvez estejam próximos, mas ao ver um filme, recebemos conteúdo pronto, de uma perspectiva já pensada e interpretada por alguém; ao passo que ao ler um livro recebemos e interpretamos de acordo com nossas experiências de vida, emoções e conhecimentos prévios.

Por que você acha que a maioria das pessoas que gosta de ler, ou que pelo menos lê um pouco, comenta quando assiste a um filme cuja história já havia lido: ‘o livro é bem melhor’; ou ‘o filme não foi fiel ao livro’? (só para lembrar que o contrário também ocorre embora eu acredite que seja um tanto mais raro). Primeiro, razões óbvias: o livro tende a ser mais longo que um longa metragem, segundo: a interpretação de cada parte da história, seus detalhes etc, é única, singular, ou seja, emoções e tudo que pensamos ao lermos tem muito mais sentido para nós, afinal somos os leitores.

E aproveitando para aprofundar só um pouquinho neste tópico, quando lemos com frequência temos a oportunidade de perceber com mais tempo, e portanto mais calma, como recebemos informações, como as processamos, quais as nossas tendências, se as tivermos; por exemplo: fantasiar, romantizar demais as coisas etc; como sentimos as emoções evocadas, os maravilhamentos, a surpresa, a tristeza, a curiosidade desperta por pontos de vista desconhecidos etc. Isso tudo nos alimenta e nutre de formas diferentes, e como resultado desta digestão há o aumento do conhecimento, o entendimento do porquê sentimos algumas emoções e como lidamos com elas, nos ensinando assim como melhor agir na vida.

Ainda falando sobre esta digestão, convém lembrar que escolhendo livros de teor mais positivo, ou melhor, construtivo, ajudamos neste processo digestivo e na construção de uma qualidade mental mais saudável. Se escolhemos ler somente sobre coisas que evocam medo, mais medo teremos, só para exemplificar.


Poderia utilizar uma expressão muito usada atualmente e dizer que ‘livros promovemexpansão de consciência’, mas prefiro dizer que nos ajudam a por luz e ver melhor as coisas que já estavam ali mas que ainda não tínhamos notado, muitas vezes por falta de atenção.


Quanto mais lemos, melhor interpretamos as coisas, já que nossa gama de conhecimento e entendimento vai aumentando; a tendência é que comecemos a escrever melhor também… só para citar um exemplo mais prático.

Sem falar que tirando o valor gasto ao comprarmos um, um livro é um passatempo bem simples e barato! É possível aprender, se distrair, se divertir e viajar sem gastar mais nenhum centavo além do usado na sua aquisição.


Quem lê entende o que digo, e quem se propuser a começar a ler, vai entender também…

Bora criar um novo hábito?


Fique à vontade para compartilhar suas experiências ou perguntar qualquer coisa!

Beijinhos de Luz! ;-)


Nutra sua mente com alimento que auxilie de alguma forma em seu crescimento e autoconhecimento.../ Nurture your mind with 'food' that helps you, in a way, in your growth and self-knowledge process...

Do you remember when I said something about our digestion happening in many levels and that we feed ourselves not only with food?


So, our next topic, number 6, is about one of these ‘foods’:

6- Read good books


Let’s begin by establishing a broad concept for what good means. A Good book is one that teaches you or adds something, is one that allows you to give wings to your imagination; and why not to say that a good book is the one you’re interested in or the one you like? In short: good books change you, doesn’t matter if very much or little.


The simple act of reading a book makes us create space for teachings and, or, having practical knowledge when we are not able to be in specific places to learn about specific subjects. And not just the ones related to academic subjects, but any subject we are interested in.

Reading a fiction book, a romance, or any genre we choose, allows us to be in different places without even moving from where we are. It stimulates our minds in several ways, and maybe our imagination, our interpretation, which are unique, are the coolest of them.


Then you question: ‘but a movie has the same function and it’s way cooler than books…’

I can’t argue about tastes and preferences, these get developed through habits (cultivated or not), but no doubt they don’t have the same function. If we’re talking about entertainment, yes, they might be similar, however by watching a movie we receive ready content, from an already thought and interpreted perspective; and when reading a book we receive and interpret accordingly to our life experiences, emotions and previous knowledge.


Why do you think that most people who likes reading, or at least read a little, comment when they watch a movie that they’ve already read in book: ‘the book is way better’; or ‘the movie isn’t like the book’? (just to keep in mind that the opposite also happens, although I guess it’s much rarer). First, for obvious reasons: the book tends to be longer than a movie, second: the interpretation of each part of the story, its details etc, is unique, that means, emotions and everything we think of when reading has lot more meaning to us, after all we are the readers.

To go a little deeper in this, when we read often, we have the opportunity to realize with more time, and therefore calmer, how we receive information, how we process them, which tendencies we have, if we have them; for example: fantasizing, romanticizing things too much etc; how we feel the emotions that arise, the amazement, surprise, sadness, the joy, the curiosity awakened by unknown points of view etc. All that feeds and nourishes us in different ways, and as a result of this digestion there’s increase of knowledge, understanding of why we feel some emotions and how we deal with them, teaching us how to better act in life.

Still talking about digestion, it’s important to remember that by choosing book with positive, constructive content we help the digestive processing and the construction of a healthier mental quality. If we keep choosing books, i.e, that stimulate fear, more fear we’ll feel.


I could use a very used expression and say that ‘books promote consciousness expansion’,but I’d rather say that they just help us to put some light over things so we better see things that were already there but that we haven’t noticed yet, mostly for lack of attention.


The more we read the better we interpret things, since our knowledge and understanding tends to increase; and the tendency is that we start writing better as well… just to mention a practical example.

And it’s always good to remind us all that it is a pretty cheap and simple hobby! It’s possible to learn, distract ourselves a bit, have fun and travel without having to spend not even one more penny besides what we already paid to purchase it.


The one who reads understands what I’m saying, and whoever feels like starting to read will understand it too…

What do you think of creating a new habit?


Feel free to share your experiences or to ask anything!

Little kisses of Light! ;-)

51 views

​© 2018 Semeia Vida by Tatiana Lopes.