Search

ESCUTE O CORAÇÃO… TEM RITMO NÃO TEM?/LISTEN TO THE HEART… IT HAS RHYTHM, DOESN’T IT?


Apesar de todos os tópicos anteriores serem de extrema importância, este, em especial, me toca o coração em um ritmo que nenhum outro consegue…


7- Cante! (mesmo que seja fora do tom, ou ‘desefinado’…)


Você por acaso já se percebeu cantando? Percebeu qual era seu estado ou humor no momento? Já passou por alguém cantando, sei lá, na rua, no mercado? Percebeu alteração no seu humor?


Sei muito bem que para tudo neste mundo existe exceção, mas em geral, quando cantamos ou escutamos alguém a cantar, aquilo nos toca e provavelmente nos torna mais alegres, e nos faz até abrir sorrisos…e mesmo que a voz não seja lá a mais afinada, rende pelo menos umas boas risadas ao perceber que alguém está cantando alto, desafinado mas feliz! E não tá nem aí! (adoro ver isso… <3 mais ainda quando vem acompanhado de dancinha).


Cantar deixa a gente, literalmente, mais feliz! Se estivermos alegres nosso estado de alegria se intensifica e prolonga e se, por acaso, estivermos meio pra baixo, tristes, melhora nosso humor quase no mesmo instante em que permitimos a saída dos sons harmônicos (ou nem tanto harmônicos… rs).


E sabe aquelas pessoas que você conhece, mas que não são você (;-b), que escutam música triste, por exemplo, quando estão tristes? Parece que para ficarem ainda mais tristes? Deixa te contar uma coisa, até isso pode ser bom, já que ajuda a pessoa a viver mesmo, a sentir a emoção que está ali naquele momento, e então depois de ter ficado com ela o suficiente, a emoção se transforma e se vai. Pode parecer coisa de doido né, mas te digo é bem melhor do que simplesmente bloquear uma emoção destas e fingir que ela não existe… pois lá na frente ela vem muito mais intensa, e ‘pior’, como a gente mesmo fala.


Música é som, e por consequência energia, e um tipo de energia bastante sutil, daquela que toca a alma, por isso ela é capaz de mudar estados emocionais tão rapida e facilmente. Somente os sons, as melodias, já atuam desta maneira, porém se acrescentarmos letras benéficas, amorosas e construtivas, tanto melhor. No entanto, convém lembrar que o contrário é verdadeiro, se naquele exemplo da tristeza que citei anteriormente, uma pessoa entra nesta energia da tristeza sem querer sair dela e fica só alimentando aquilo o tempo todo, passa a não ser mais algo saudável, já que ela decide se estabelecer em um padrão que não é equilibrado. Já que nada é do mesmo jeito o tempo todo, é impossível se estabelecer com uma única emoção e nela permanecer… E assim vale para qualquer emoção vista como negativa, ou até destrutiva, e mesmo as positivas.


Se você nunca tinha parado para observar-se ao cantar, ao escutar alguém cantando, comece e se quiser compartilhe aqui o que você percebeu. Seria bem legal!


Cante! Cante mesmo! No chuveiro, no carro, andando pela rua, e sempre que tiver vontade, porque quem canta seus males espanta já dizia o ditado e, eu digo por mim: quem canta É mais FELIZ!

Beijinhos de Luz! ;-)


P.S: Se você está lendo este texto e discordou completamente porque nem gosta de cantar, muito menos de escutar outros cantando… Sinto muitíssimo! Você poderia insistir um pouquinho, tenho certeza que o ‘não gostar’ desapareceria, ou então simplesmente escolha outra forma de arte… toda arte cura! <3


Music is life, that's why our hearts have beats! <3 Música é vida, por isso nossos corações têm ritmo!

Even though all the previous topics are of extreme importance, this one, specially, touches my heart in a rhythm that no other does…


7- Sing! (even if it’s out of tune…)


Have you ever noticed yourself singing? Have you noticed what your state or mood are at the moment? Have you ever passed by someone who was singing, on the street, in the supermarket? Have you noticed any change in your mood?


I know very well that for everything in this world there’s an exception, but in general, when we sing or listen to someone singing, it touches us and probably makes us happier, and it makes us smile… and even when the voice isn’t the best in tune, it makes us at least laugh a bit when realizing that someone is singing out loud, not in tune but totally happy! And they don’t even care! (I love watching this… <3 even more when there’s dance with it).


Singing makes us, literally, happier! If we are happy already, our happy state gets intensified and prolonged, and if, we are not feeling so well, we’re sad, it improves our mood almost at the same time we allow the musical sounds to come out.


And remember those people you know, but that are not you (;-b), who listen to sad songs, for example, when they are sad? It seems like they do it to get even more sad? Let me tell you something, this might even be something beneficial, since it helps the person to live, experience, feel the emotion that is right there at the moment, and then after being with it time enough, the emotion transforms itself and goes away. It may seem something crazy right?, but I tell you one thing, this is way better than just shutting down or blocking an emotion and pretending that it doesn’t exist… because sooner or later it comes back way more intense, and ‘worse’, like we usually say.


Music is sound, consequently - energy, and a type of energy that is very subtle, the kind that touches the soul, that is why it’s capable of changing emotional states so rapidly and easily. Only the sounds, the melodies alone, already act on that level, however if we add beneficial, positive, lovely and constructive lyrics, even better. Therefore, it’s important to remember that the opposite happens the same way, if in that sadness example I said before, the person gets in that sadness energy without wanting to come out and keeps ‘feeding’ it the whole time, it’s no longer healthy, since one decides to be established in a pattern that isn’t balanced. Nothing is the same the whole time, it’s impossible to be with only one emotion… and it’s true for all of them, be it negative or positive.


If you had never paid attention to yourself singing, or to someone else doing it, start observing it, and if you’d like to, share what you’ve noticed. It would be cool!


Sing! Yeah, sing! In the shower, in the car, walking on the street, and whenever you feel like doing it because the one who sings scares the bad things (a Portuguese saying) and, I can tell for myself: the one who sings IS Happier!

Little kisses of light! ;-)


P.S: If you’re reading this text and completely disagreed with it because you don’t like singing neither listening to others singing… I’m so sorry! You could try to insist a little, I’m quite sure that the dislike would disappear or just choose some other form of art… every art heals! <3


50 views

​© 2018 Semeia Vida by Tatiana Lopes.