Search

Hábitos Importantes para uma Vida Saudável/Important Habits for a Healthy Life

Outro dia, eu estava pensando sobre as escolhas saudáveis que fazemos na vida.


Claro que as escolhas podem ser boas ou ruins dependendo de onde você está, do momento, ou, de com quem você está…certo? Bem, mais ou menos!


Para a vida corriqueira sim, talvez você esteja certx, elas podem ser boas ou ruins dependendo de como você as olha, mas algumas escolhas são realmente especiais. Por que? Porque elas são baseadas em valores base, geralmente alinhados com o ritmo da natureza, para resumir – eles realmente significam saúde e equilíbrio, ou pelo menos, te colocam lá com mais frequência…

Nós nos acostumamos a este ritmo moderno de vida que vivemos hoje em dia, então geralmente não pensamos em certas coisas simples como: se estamos com fome, se paramos para ouvir as outras pessoas, e a nós mesmos, se tivemos tempo para apreciar o que estávamos comendo, ou escutando, ou fazendo… e por aí vai…

Devido a este ritmo insano e automático em que estamos o tempo todo, é difícil estar realmente presente no que estamos fazendo de fato, e aí eu resolvi compartilhar com vocês, em uma série de textos, alguns dos hábitos que eu considero muito importantes para se ter uma vida saudável.


1- Não coma se você não estiver com fome


Isto é difícil né?

Algumas pessoas comem quase que o dia todo – lanchinhos, pequenas porções de comida, etc; outras não comem em muitas porções mas comem até sentir-se pesadxs, e entorpecidxs/sonolentxs; seja o que for, você já parou para pensar se você estava de fato com fome antes de comer tudo isso? Você sabe o que é sentir fome? Ou você só come porque tá no horário de comer? Ou, você só está comendo porque sente que tá faltando algo? Ou, porque pode estar ansiosx?


Então, para começar, antes de comer, você deve prestar atenção ao que é sentir fome, como você se sente, você sente algo físico? Se não, se pergunte, por que então você vai comer?


Por que comer somente quando se tem fome é tão importante?


De acordo com o Ayurveda, Sistema Antigo de Medicina da Índia, quando estamos com fome (fome verdadeira) o corpo está preparado para receber alimento e digerí-lo apropriadamente, e então o alimento se transformará em tecidos saudáveis para continuar formando nosso corpo e mantendo-o saudável. Se você come quando seu corpo não está preparado para digerir essa comida, uma parte dela pode se tornar tecido formado inadequadamente (mais fraco por exemplo) e parte dela pode se tornar toxina. Você leu direito, quando nós não digerimos nosso alimento de forma apropriada, ele pode se tornar algo tóxico para nossos próprios corpos, e então, se mantemos assim, pode nos levar à doenças de todos os tipos.


Para manter sua saúde, ou melhorá-la, comece a prestar atenção às vezes em que você come. E se você está realmente interessadx em viver de forma mais saudável, tente, mesmo que seja aos pouquinhos, comer somente quando você realmente sente fome. Ok?


Sinta-se à vontade para compartilhar suas experiências ou para perguntar qualquer coisa! ;-)

Falamos em breve!

Beijinhos de Luz! ;-)


Nem sempre o que é visto como saudável é saudável para você, ou para todo mundo... Sometimes what is known to be healthy isn't healthy for you, or for everybody...

The other day, I was thinking about healthy choices we make in life.


Of course choices can be good or bad depending on where you are, the moment, or, sometimes, who you’re with…right? Well, kind of!


For every day life yeah, you might be right, they can be good or bad depending on how you look at them, but some choices are really special. Why? Because they are based on core values, usually very aligned with nature’s rhythm, in a nutshell, they really mean health and balance, or, at least, they put you there more frequently…

We became used to this modern pace of living we’re experiencing nowadays, so we usually don’t think about certain simple things like: if we are hungry, if we stop to listen to other people, and to ourselves, if we had time to appreciate what we were eating, or listening, or doing… The list goes on…

Because of that insane and automatic pace we’re at all the time, it’s hard to be really present in what we’re actually doing, therefore I’ve decided to share with you, in a series of texts, some of the habits I consider very important to have a healthy life.


1- Don’t eat if you’re not hungry


That’s difficult right?

Some people eat almost the whole day – little snacks, little portions of food, etc; some other people don’t eat in lots of portions but they eat until they feel heavy, and numb; whatever it is, have you ever stopped to think if you were actually hungry before eating all that? Do you know what it is to feel hungry? Or you just eat because it’s time to eat? Or, you’re just eating because you feel like something is missing? Or because you might be anxious?


So, to begin with, before eating, you have to pay attention to what it feels to be hungry, how do you feel, do you feel anything physically? If not, ask yourself, why are you going to eat?


Why eating only when you’re hungry is so important?


According to Ayurveda, Ancient Medicine System of India, when we’re hungry (real hunger) the body is prepared to receive food and to digest it properly, so the food will become healthy tissues to keep forming our body and maintaining it healthy. If you eat when your body isn’t prepared to digest that food, a part of it might become inadequately formed tissue (weaker i.e) and part of it might become toxins. You read it right, when we don’t digest our food properly it can become something toxic for our own bodies, and then, if it keeps that way, it can lead to illnesses of all sorts.


In order to keep your health, or improve it, start paying attention to the times that you eat. And if you are really interested in living healthier, try, even if it’s little by little, to eat only when you feel actually hungry. Ok?


Feel free to share your experiences or to ask any questions! ;-)

Talk to you soon!

Little kisses of Light! ;-)

57 views

​© 2018 Semeia Vida by Tatiana Lopes.